Para bons frutos colher
É preciso saber plantar
Não é apenas jogando
É preciso saber cuidar
Quem quer o melhor
É preciso atentar…

A terra deve ser tratada
Com carinho e muito amor
É ela a parte principal
Do sucesso do plantador
Por isso merece atenção
Até depois do sol se por.

É preciso muito atentar
Sempre disposto a cuidar
Se a chuva demorar
Não deixe de si mesmo regar
Você é responsável
Pelo que a terra dará.

E não basta apenas hoje
Amanhã e depois também
Para quem decide plantar
Descanso nunca mais tem
Um dia pode relaxar
Mas não deixe ir além.

Pois a terra pode secar
E tudo enfim se perder
Por isso é importante
Estar sempre a ver
Mesmo com tudo sadio
Não deixe acontecer.

E se por ventura
Uma muda se quebrar
Cuide com cuidado
Não esqueça de apoiar
Ventos acontecem
Você não pode vacilar.

O amor é semelhante
Semente plantada no coração
Que nos enche de vontade
De viver cada estação
No momento de um beijo
Pela perpetuação…

Um poeta um dia disse
Fogo que arde sem doer
Mas acho que esqueceu
De para todos dizer
Que nenhuma chama
Resiste sem ter com quê…

É o arar de verdade
Aquele que acredita
Não deixa de cuidar
Busca sempre a pepita
E sabe que vai encontrar
Por isso não faz fita…

Arregaça as mangas
Se coloca a trabalhar
Seja um abraço, um olhar
Tudo para cuidar
Da muda que cresceu
E que despertou o amar…

Tem gente que reclama
Da maldita solidão
Mas quando alguém chega
Quer braço, perna e mão
E não é assim não
Que funciona o coração…

Tem gente que reclama
De ciúme e possessão
Estes mal dizem boa noite
Nem dão atenção
Despertam na parceira
Insegurança no coração.

Tem gente que reclama
Daquele tal grudento
Que não para de ligar
Em nenhum momento
Chega a sufocar
Lembra até um jumento.

Tem gente que reclama
Daquele sem atenção
Que parece nem ligar
Para o que tem o coração
Fazendo-nos sentir
Outro móvel na decoração.

E tem aquele que reclama
E não faz nada pra mudar
Não percebe que é fácil
Basta um instante pensar
Que faz parte do problema
É só se consertar…

Às vezes, o problema
Nada mais é que reflexo
Um jeito de contestar
De um jeito sem nexo
Tudo que está errado
Principalmente o universo.

Se algo incomoda
Não deixe de falar
E tente entender
Talvez precise mudar
Sem cabos de guerra
Nada de desafiar…

Somos a soma
De tudo que fazemos
Portanto, resultado
Por isso, relevemos
Não condene
Talvez merecemos.

Por isso, digo
E peço atenção
Para o arar da terra
Do terreno coração
Não deixe de cuidar
Em qualquer estação.

Não apenas na conquista
É preciso continuar
Manter a chama acesa
Do precioso amar
Pois no final de tudo
É bom estar em par…

E isso não depende
Apenas de um lado
É preciso dos dois
Para seguir o combinado
E juntos ser felizes
No amor conquistado…

A semente do amor
Precisa ser cultivada
Todos os dias
E não maltratada
Para dar bons frutos
Essa é a sacada…

Não deixe de beijar
Muito menos abraçar
Saiba dar atenção
É preciso participar
E saber compreender
Cada jeito de amar.

A magia do primeiro
Instante do olhar
Ainda está, acredite
Basta procurar
E você vai encontrar
A razão do continuar…

Tudo faz parte
De uma imensa trama
E não adianta
Mesmo quem não ama
Faz parte de algo
Mesmo quando reclama…

Se a distância é grande
Ande a metade
Se ninguém lhe nota
Pense na reciprocidade
Se ninguém corresponde
Será que é verdade?

Se plantou e cultivou
Com todo carinho e amor
E nada colheu
É melhor cortar sem dor
No que insistir em algo
Que mal lhe trará frescor.