Como um vampiro sedento pelo teu sangue,
Te espero no silêncio dos pensamentos.
Fechando os olhos e te pintando em minha tela
E lhe decorando com todo meu sentimento.

Como um lobo faminto por teus beijos,
Farejo teu caminhar para te encontrar.
E visualizo teus passos, sonhando te ver chegar
Para em meus pelos se aninhar.

Como um feiticeiro, tento ver o meu futuro,
No cristal sequestrador deste seu querido olhar
Que, em nenhum instante me deixa vagar
Pelo vazio que você deixa quando não está.

Como um escritor, tento escrever algo de bom
Um romance ou até uma música fora do tom
Procurando encontrar a palavra certa para contar
Estes sentimentos que me dão vontade de andar.

Te quero como um homem que sou e que tento ser
Desde que te conheci, o melhor para você.
Estar por perto, para você ver e para você crer
Que sem tudo isso, já não queremos viver…

Eu sinto sua falta aqui do meu lado amor
Preciso de teus braços e todo seu calor
Teus lábios… Enlouquecendo com teu sabor
Não quero esta saudade… chega a dar dor…

Quem me dera se pudesse com a velocidade do pensamento
Estar em suas redondezas, mergulhado nos sentimentos
No encanto necessário de seu majestoso olhar
Que trouxe novamente essa doce magia deste meu gostar.

Seja como for, seu coração quero também viciar
Na profundidade deste meu olhar, onde se você olhar
Se verá, refletida no solo do coração que se reconstrói
Depois que você chegou em minha vida como se fosse sóis.