Devo confessar que antigamente era contra algumas datas comemorativas, porém, infelizmente algumas pessoas só se lembram de dizer alguma gentileza em dias como este. Hoje, por exemplo, dia da mulher. As ruas estavam cheias de mulheres com flores e também de homens carregando algum presente em nome de seu carinho.

Enfim… É algo bacana ser lembrada em um dia como este? Claro, afinal de contas, ser lembrada e homenageada sempre fez muito bem para qualquer um, mas, por que esperar um dia especifico por ano para demonstrar isso? Pra que esperar um dia especifico para lavar uma louça? Para fazer alguma gentileza para a pessoa que decidiu estar ao nosso lado? Nas horas boas e ruins?

Sei lá, sinceramente, deixar de valorizar e demonstrar tal valor à mulher que está ao nosso lado durante os outros 364 dias, faz esse único dia parecer obrigatório. Se eu não levar flores para ela no dia das mulheres, com certeza vai ter uma terceira guerra mundial em casa e isso não pode acontecer hoje… tem jogo… Ou seja, a mulher merece um mimo ou um botão de rosa apenas quando se é comemorado uma data festiva?

Tudo bem, eu sei que nem sempre os relacionamentos são fáceis e que, algumas mulheres, em determinados períodos desejam ver nossas cabeças separadas do corpo (de preferência as duas), mas, para elas as coisas também não são muito fáceis… Imagine sofrer com uma dor aguda que brota na altura da barriga e se espalha pelo corpo inteiro…

Isso sem mencionar o fato de ter que usar algo entre as pernas durante esses dias que, com certeza deve incomodar e muito. Com abas? Sem abas? Noturno? E o OB com aquela cordinha… Será que ela fica balançando pra lá e pra cá? Isso é uma curiosidade particular que sempre tive. Outro ponto importante que vale mencionar é o fato de que as próprias mulheres não gostam muito das variações de humor que sofrem. Afinal de contas, ninguém gosta de estar feliz em um momento, triste no outro e logo em seguida, querer sair por ai armada de uma faca para estripar todos que lhe digam: bom dia!

Particularmente, em minha opinião ser mulher não é nada fácil. Além da rotina acima que por si só já é bem incomoda, ainda tem o fato do espaço na sociedade alcançado por ela, o valor mais que merecido e reconhecido por alguns. A independência sexual, intelectual e por que não espiritual também? Séculos atrás a sociedade masculina sugava até a alma do dito sexo frágil…

Que de frágil sinceramente, não tem nada, quer dizer, a não ser o humor em determinados momentos do mês é claro. Algumas mulheres são verdadeiras espartanas, verdadeiras Hulks e quer saber por que? Simples… A mulher ganhou o direito de trabalhar, estudar e ter sua independência, no entanto, ela não perdeu os deveres que a sociedade colocou sobre seus ombros.

Algumas mulheres além de trabalharem para ajudar no orçamento do lar, ainda precisam manter a casa organizada e limpa, precisam se preocupar com o jantar, com as roupas a lavar e tudo mais que precisar ser organizado, ter uma jornada semanal de sete dias e ainda por cima, estar sempre disponível quando o marido a procurar. Caso algum desses pontos falhe…

Infelizmente, para algumas mulheres a realidade é está e algumas realizam sem pestanejar, para sempre franco, conheço até algumas. Por isso que digo que de frágil não tem nada, pelo amor… Se entrar uma farpa no dedo de qualquer homem, a sensação é quase de decepamento do braço. A mulher dá a luz, seja cessaria ou parto normal, não importa a dor é intensa e elas seguram tranquilamente, claro, elas gritam, mas depois que o filho nasce, acabou a dor… Isso é ser frágil?

Por isso digo que é uma injustiça dedicar uma flor ou algum mimo para esses seres maravilhosos que tanto agradam a visão masculina, apenas uma vez por ano. São as mulheres que tornam o mundo mais belo com sua beleza única, são elas as responsáveis por garantir a preservação da espécie, são elas que, com seu jeito nos faz derreter de um momento para outro, claro, elas também nos deixam nervosos, mas, nós, homens também ajudamos com nosso jeitinho homem das cavernas… Por isso, não espere um dia especifico para dedicar uma flor, uma canção no Facebook, para dizer eu te amo ou para simplesmente dizer: como são essenciais e maravilhosamente belas em nossas vidas.