Quando fiquei sabendo a respeito da produção desse filme, já fiquei curioso. Já gosto de assistir filmes, agora, quando são inspirados em livros, se tornam uma pedida mais deliciosa para mim. Não sei o que acontece em minha cabeça em produções assim, mas as cenas se tornam palavras, como na cena que o Neo de Matrix começa a acreditar e começa a enxergar os códigos, coisa de louco né?

Como já leram, ou quem ainda não leu, já comentei a respeito do livro aqui no site. Curti muito e confesso que chorei. Desculpa, não sou do partido de que homens não choram e que não devem fazer nada em casa, acho que me encaixo mais na geração seguinte, homens mais participativos e “masculinamente” sensíveis. Mas, particularidades a parte e vamos embora para o filme.

Vamos falar dos atores… Bom, particularmente ao saber que a filha da tormenta, a mãe dos dragões, Daenerys Targaryen faria o papel principal fiquei muito curioso para ver. Acredito que muitas pessoas como eu acostumaram com Emilia Clarke na pele da personagem da Game of Thrones e isso me deixou um pouco apreensivo, mas, como a galera de Game of Thrones está em alta… Por que não tentar.

Primeiro, na minha opinião sua interpretação em GOT marcou-a de uma maneira peculiar, é como o Daniel Radcliffe, não tem como ver qualquer filme com ele e não esperar que saía correndo voando em cima de uma vassoura. Não estou dizendo que não curto o trabalho deles, pelo contrário, são bons, mas ficaram estigmatizados, eternizados devido a papéis que interpretaram com maestria, profissionalismo.

Talvez tenha sido essa razão de não ter gostado de Emilia (de cabelos escuros e toda despirocada) nesse papel. Ela foi a esposa de Khal Drogo, uma mulher forte e destemida, afinal de contas, para aguentar um chefe Khal daqueles só sendo muito mulher mesmo. Por isso achei estranho vê-la vivendo uma garota que curte combinações de roupas estranhas e ainda se derrete toda com uma meia… spoilerrrr.. .

E falando em personagens de Game of Thrones, outro personagem importante do seriado também tem um papel de destaque em Como eu era antes de você, Charles Dance ou como se tornou mais conhecido Tywin Lannister e além desta figura garimpada ainda temos um dos bruxos mais confusos de Hogwarts, quer dizer, mais confuso depois de Rony Wesley é claro, Matthew Lewis/Neville Longbottom vive o namorado desportista de Lou.

Já no papel de mocinho temos Sam Caflin que já fez parte de elenco de grandes produções, entre elas, Jogos Vorazes, Piratas do Caribe, entre outros, diferente de Emilia que parece ter chamado atenção de Hollywood depois do sucesso da série GOT. A diretora do filme, Thea Sharrock também não tem muitos trabalhos conhecidos, como diretora esse é seu quarto trabalho e, apesar dos poucos filmes de experiência, acreditem, ela manda muito bem.

Quanto a história: quem já leu o livro conhece muito bem a vida e o dilema dos personagens, Emilia (apesar de em minha opinião não combinar com a personagem) trabalha muito bem e forma um par encantador ao lado de Sam, rola uma química bacana entre o casal, algo bem típico das comédias românticas. Um filme que merece ser assistido pelas locações, pelo desenrolar da história e sua leveza e, sinceramente, acho que teria chorado caso não conhecesse a história.

O filme foi produzido pela MGM, New Line Cinema e Sunswept Entertainment e distribuído no Brasil pela Warner Home Video. Se vale a pena assistir? Claro que vale, um ótimo filme com um elenco e direção que sabem muito bem como contar uma bela e marcante história!

Sinopse:
Algumas vezes o amor leva você para onde menos se espera ir! Louisa “Lou” Clark (Emilia Clarke) vive no interior da Inglaterra, seu jeito excêntrico é colocado à prova quando ela se depara com o mais novo desafio de sua carreira: ser cuidadora e acompanhante de Will Traynor (Sam Clain). Depois de um acidente que o deixou preso à uma cadeira de rodas, Will, que tem tudo na vida, parece ter desistido. Isto é… até Lou se determinar a convencê-lo de que a vida vale a pena ser vivida. Juntos em uma série de aventuras, tanto Lou quanto Will acabam conquistando muito mais do que esperavam e veem suas vidas – e seus corações – mudando de um modo que eles nunca imaginavam.

• Áudio: Inglês, Espanhol & Português
• Legendas: Inglês, Espanhol & Português
• Formato de Tela: 16×9 Widescreen Anamórfico
• Duração: 110 Min. Aprox.