Esses dias atrás estava passeando pela Netflix em busca de algo para dar aquela entredita básica, como sou eclético e curto assistir de tudo um pouco, acabei esbarrando em um filme de comédia romântica que já havia ouvido alguns comentários pela internet. O filme: Megarromântico.

Mas, antes de falar minha opinião sobre o filme, nada mais conveniente que falar sobre as informações padrões, como por exemplo: sinopse, elenco, direção, entre outras informações que poderíamos enquadrar em algum mais técnico.

Filme de comédia romântica – Megarromântico e sua sinopse

Natalie, desde pequena, aprendeu que esse negócio de romantismo era coisa da carochinha. Por isso, dedicou sua vida aos estudos e se tornou uma arquiteta de renome. E apesar de uma profissão bem sucedida, Natalie fechou os olhos para o amor de tal maneira, que seria incapaz de avistá-lo a um palmo do nariz. Pelo menos até sofrer um assalto mal sucedido.

Filme de comédia romântica na Netflix – Megarromântico e seu elenco

O elenco do filme conta com estrelas em ascensão, como por exemplo, a protagonista do filme, Rebel Wilson, que já trabalhou ao lado de Sacha Baron Cohen em “Irmão de Espião” e representou um pequeno papel em O Motoqueiro Fantasma, para quem não lembra, ela foi entrevistada por ter sido a única testemunha que viu o estranho motoqueiro.

Outro ator que surpreende pela presença é Liam Hemsworth que já atuou em grandes filmes, como por exemplo: Jogos Vorazes, A Última Música, entre outros. E, segundo as más línguas hollywoodianas, dizem que Liam foi para um teste para um novo filme e, para acompanha-lo, levou seu irmão que acabou interpretando Thor nos cinemas.

Filme de comédia romântica na Netflix – Megarromântico e minhas impressões

O filme começa com a pequena Natalie assistindo a uma comédia romântica em sua casa protegida pela terrível realidade. Isso até sua mãe sentar no sofá e explicar como um carrasco que aquelas coisas não aconteciam nunca com mulheres como elas.

Megarromântico começa nessa pegada pesada, destruindo qualquer sonho que uma pessoa possa ter a respeito de seu futuro. Tudo bem que a mãe da pobre Natalie não pensou muito antes de dizer devido às próprias amarguras e decepções.

Se ela queria proteger a filha do mesmo fim, não se sabe e nem está nas entrelinhas do filme, mas foi claramente um bullyingcaseiro de proporções tsunâmicas que direcionou a filha para outro sentido de sua vida.

Natalie era uma pessoa que não seguia os padrões de beleza de seu tempo, não porque não queria, mas sim devido a sua constituição física. Tendo consciência de suas limitações, dedica-se exclusivamente aos estudos até tornar-se uma profissional de respeito.

Algo que consegue e lhe garante trabalhar em uma empresa de destaque, mas respeito que é bom, necas que tibiriba. Todos no escritório parecem não respeitar a importância de Natalie e, além de seu próprio trabalho, esperam que resolva outras coisas que não são de sua ossada. Algo que faz sem ao menos pestanejar.

Bom, pelo menos até o momento que Natalie depois de um assalto frustrado, onde recebe uma pancada na cabeça, desperta em um hospital depois de algumas horas e percebe que tudo ao seu redor está ligeiramente diferente.

O filme é uma sátira as comédias românticas e todos os seus clichês, desde aquela típica cantoria empolgante com direito a coreografia. No filme, Natalie sofre um acidente, bate a cabeça e desperta em um mundo completamente diferente do que conhecia. Neste novo mundo, os belos homens que jamais olhariam para ela, se arrastam aos seus pés.

E as coisas não param por aí… Você já reparou que nas comédias românticas é praticamente ouvir algum palavrão? Alguma cena de sexo? Pois é, em Megarromântico, os palavrões recebem aqueles “bips” ou algum barulho alto surge inesperadamente para abafar a palavra que não quer calar.

Filme de comédia romântica na Netflix – Megarromântico dá para assistir?

Bom, eu prefiro assistir sem dar, mas é um ótimo filme para dar aquela distraída básica. Tudo bem que o filme esbarra em diversos clichês, entretanto, por ser uma sátira as comédias românticas, tem o seu desconto. As semelhanças são propositais. Até mesmo o fato da protagonista não perceber o verdadeiro amor praticamente ao lado.

E, mesmo sendo um filme repleto de clichês, se desenvolve muito bem e não deixa a peteca cair. No final das contas, temos um filme bem produzido com um roteiro interessante e sem muitas falhas. A direção também é de qualidade e desempenha seu papel com profissionalismo.