Esses dias estava procurando por algum filme no Prime Video da Amazon e eis que encontro um que chamou minha atenção “Quantum Apocalypse”. Como sou chegado em filmes apocalípticos, dei uma lida na sinopse e decidi assisti-lo. E agora falarei dele aqui na minha coluna: melhores filmes.

Antes de qualquer outra palavra, vamos a sinopse: A Nasa descobriu um cometa que está em rota de colisão com a Terra. Ele já destruiu Marte e tudo que a Nasa tem são dois cientistas nada convencionais, algumas exigências malucas e poucas horas para se encontrar uma solução para salvar o planeta. Longe da tensão que consome a Nasa, um homem com problemas de autismo sabe o que é preciso fazer para salvar o planeta. E tudo que ele precisa é convencer seu irmão a leva-lo até a Nasa. Produção: 2010 – Gênero: Drama, Ação, Suspense – Duração: 95min.

Melhores Filmes: Minhas impressões sobre o Quantum Apocalypse

Como disse, curto demais filmes que tem essa pegada apocalíptica. Na minha lista de melhores filmes apocalípticos estão: Um dia depois de amanhã, 2012, Impacto Profundo, Independence Day, Armagedon, entre outros. E por isso, quando me deparei com o Quantum Apocalypse no Prime Video, não pensei duas vezes.

Bom, os atores não são muito conhecidos, o que indica um filme de orçamento baixo, o diretor também não é tão conhecido, dirigiu outros pequenos filmes, nada tão expressivo. Apesar de serem atores não tão conhecidos, até que trabalham muito bem. Mas o destaque vai para Rhett Giles que interpreta Terry, o irmão do prefeito que tem autismo e é super inteligente e sabe como salvar o planeta.

Claro que seus familiares não dão a mínima atenção para o que Terry fala, mesmo sendo capaz de conseguir proezas fantásticas com o pouco material que tem. Gosto de personagens que demonstram certas limitações, no entanto, só para nós que não percebemos o quanto eles podem fazer. Outro filme que gosto e que tem uma estrela autista é: Rain Man.

Melhores Filmes: Quantum Apocalypse: merece estar na lista de melhores filmes?

Geralmente, quando assistimos a um filme, nada mais comum do que irmos desenvolvendo em nossas mentes um determinado final. Às vezes acertamos, outras vezes erramos feio, não é verdade?

Pois é, e foi justamente o final de Quantum Apocalypse que me deixou completamente chocado e estarrecido. Sinceramente? Jamais imaginei que um filme teria uma reviravolta tão grande, ainda mais que acabamos nos apegando há alguns personagens.

Claro que não posso revelar o final insólito e inesperado. Algumas perguntas pairam na mente, como por exemplo: como os cientistas nada convencionais ganharão as devidas honras?; como será que Terry será visto por todos depois de fazer o que fez pelo planeta.

São essas perguntas que me fazem pensar se o filme deve ou não entrar para alguma lista de melhores filmes apocalípticos. Enquanto penso a respeito, vamos deixar uma postagem exclusiva para ele, ok?

Melhores Filmes: Quantum Apocalypse e seus personagens

Já mencionei que os atores na sua maioria são desconhecidos e trabalharam em outras pequenas produções, no entanto, isso não quer dizer que não sejam bons. Por exemplo, Stephany Jacobsen que interpreta Lynne, a esposa do prefeito, durante o filme inteiro parece uma pessoa incomodada com a presença de Terry, sabe aqueles personagens que você fica olhando o tempo inteiro tentando descobrir qual é? Pois é…

Diferente de seu marido Ben, interpretado por Randy Mulkey que parece ser um ótimo prefeito da cidade que tenta ajudar a todos e a equilibrar as coisas em sua casa com a presença de seu amoroso irmão. Ele é o primeiro a reparar que algo de especial acontece com Terry, mas acaba esquecendo por causa dos eventos cataclísticos que assolam a cidade.

Melhores Filmes: Quantum Apocalypse e o seu final surpreendente?

Surpreendente? Acho que seria melhor dizer: completamente inesperado. Quanto aos efeitos, o filme conta com diversos efeitos especiais interessantes e ainda explora as alterações da gravidade no planeta, algo que nenhum outro filme desse gênero explorou.

E por hoje é só. Como disse e sempre digo em diversos textos sobre filmes, não se deixe levar pelas críticas de outras pessoas, assista ao filme, mesmo tendo avaliações negativas, isso não quer dizer que ele será completamente ruim.

E se você ficou curioso com o final que não posso contar… Assista e venha me dizer se ficou como eu, quando os créditos finais começaram a rolar pela tela preta: com aquela cara de ué.