Lembro-me de quando a Netflix iniciou timidamente o mercado de streaming no Brasil. Naquela época, havia muitos filmes antigos, ótimos para os saudosistas das grandes produções. Mas, com o sucesso, a empresa foi crescendo e investindo cada vez mais, consequentemente, começou a criar suas próprias produções.

Algo extremamente vantajoso para a empresa já que não precisa pagar os royalties das produções de outras produtoras. Hoje vou falar sobre uma dessas produções originais da Netflix, o filme, estrelado por Stanley Tucci, Miranda Otto e Kiernan Shipka (ambas de O Mundo Sombrio de Sabrina) e dirigido por John R. Leonetti que traz no currículo: Annabelle, 7 desejos, entre outros.

Sinopse – O Silêncio ou The Silence – Netflix

Uma equipe de escavadores acaba libertando criaturas aladas vorazes e famintas que viviam exiladas do mundo em um sistema de cavernas desconhecido na Pensilvânia. Essas criaturas, por viverem na escuridão, desenvolveram uma audição aguçada capaz de ouvir suas vitimas a distância, espalhando um terror generalizado.

As criaturas aladas ganharam a alcunha de ‘vespas’ e devoravam tudo que ouviam pelo caminho. Logo, a população mergulhou em um silêncio forçado para salvarem suas vidas. A família Andrews sabe muito bem como viver em silêncio por causa da filha, Ally Andrews (Kiernan), que perdeu a audição em um acidente.

Para fugir das criaturas, a família Andrews foge da cidade, mas acaba se deparando com um grupo de religiosos fanáticos que se julgam a única forma de perpetuação de nossa espécie.

E agora vamos aos comentários de O Silêncio ou The Silence- Netflix

Na Netflix, o filme está categorizado como: terror e pós-apocalíptico, mas, particularmente, não acho que se encaixe em nenhum. Em minha opinião, filmes pós-apocalípticos são aqueles que se passam logo após uma hecatombe devastadora, como o livro After Twilight: A Zona do Crepúsculo, onde a terra fora destruída pela Terceira Guerra Mundial e uma guerra intergaláctica.

Quanto ao gênero terror… Bom, filmes de terror servem para nos causar alguma forte emoção, algo que O Silêncio da Netflix, não entrega aos telespectadores. Geralmente filmes de terror contam com sustos ou com alguma aparição diabólica que nos faz ter medo de colocar os pés no chão, não é mesmo? Por isso, acho que O Silêncio da Netflix se caracteriza mais como um suspense.

E mesmo assim, um suspense mediano, sem muitos pontos altos. Provavelmente, culpa do roteiro assinado pelos irmãos Van Dyke ou talvez devido ao livro que inspirou a película. A direção também não ajudou muito no desenvolvimento, algo que surpreende pelo simples fato de ser um diretor renomado. Será que esses pontos fracos são características das produções da Netflix?

Sinceramente? Sou assinante da Netflix e, venho reparado que a maioria das produções originais são carregadas de palavrões, chegam a lembrar as pornochanchadas da década de setenta, não pelas cenas de sexo é claro, mas pelo palavreado. Sério, às vezes quando não reparo na produtora e fico curioso para saber quem é a responsável, ao voltar, percebo que é uma produção original Netflix.

Mas, voltando ao filme… O Silêncio da Netflix passa muito perto de ‘Um Lugar Silencioso’, outro filme que conta com uma família que vive mergulhada no silêncio por medo de serem alvos de criaturas. Confesso que fiquei ansioso em assistir ‘Um Lugar Silencioso’, mas quando consegui, me senti decepcionado pelo fato de não conhecer o tão temido algoz do filme.

Pelo menos em O Silêncio da Netflix, conhecemos a monstruosidade que aterroriza a população. E isso é algo que senti muita falta em ‘Um Lugar Silencioso’ e também em ‘Bird Box’, dois filmes que me deixaram curiosos para assistir, mas que acabaram me decepcionando por não mostrarem as criaturas. Até em DeadPool 2 conhecemos a cara do homem-invisível!

Se você deve ou não assistir O Silêncio ou The Silence Netflix?

Cá entre nós, não ligo muito para críticas negativas e por isso, não dou muita atenção para as estrelinhas e pontuações que colocam por aí. Gosto de ter minha própria opinião a respeito da produção. Analisar os pontos altos, baixos e fortes.

E por essa razão, recomendo que assista O Silêncio da Netflix para tirar suas próprias conclusões. Não é um espetáculo de filme como outras grandes produções, mas a nível de produção original Netflix, está relativamente de bom tamanho. Os atores trabalham razoavelmente bem, com destaque para Stanley Tucci.

A história em si, tem um começo, um meio e um fim. Tudo bem que não usaria uma seita maluca para tornar as coisas ainda mais caóticas e preocupantes, ainda mais fanáticos tão insonsos e superficiais que mais parecem as Testemunhas de Jeová que costumam bater em nossas portas em pleno domingo na parte da manhã. Tudo bem que tentaram dar um ar de psicopatas, mas infelizmente, acho que as coisas não deram muito certo.

Se chegaram até aqui, agradeço o tempo e espero que tenham gostado. E se quiserem deixar algum comentário sobre o filme ou alguma asneira que falei no decorrer, é só colocar, ok? Por enquanto vou ficando por aqui e deixo você com o trailer de O Silêncio da Netflix.