Acabamos de viver um momento único, a virada do ano, que não deixa de ser como qualquer outro dia, o sol sempre nasce e a lua também, no entanto, existe algo especial, a simbologia e o significado de recomeçarmos algo que começou assim que nossas mães nos colocaram no mundo. Devo confessar que prefiro passar tais dias recluso em pensamentos, agradecendo pelo ano vivido e por todas as coisas que me aconteceram, até mesmo as ruins, pois elas são importantes para nosso amadurecimento.

Mas, é gostoso ver o sorriso das pessoas, os abraços e os votos de felicidades, se são verdadeiros ou não, se estarão se matando no dia seguinte, não importa, pois dizem que a felicidade é um momento único e singular, e sabemos que momentos passam, ainda mais quando são bons momentos, eles nunca despertam nossa reflexão, por que não pensamos por que estamos sorrindo, por que estamos felizes… E no que podemos fazer para nos mantermos felizes… Se a felicidade realmente é um momento, precisamos aprender a receita para termos mais momentos que valham a pena serem guardados para sempre na memória.

Lembro que, há muito tempo atrás, era completamente avesso ao natal, devido ao fato de termos que abraçar alguém que nos sacaneou o ano inteiro, que tentou de todas as maneiras nos ferrar de alguma maneira, ou que simplesmente não esteve nem aí com a gente durante todos os dias que antecederam tal data, no entanto, percebi que, mesmo com tudo isso, havia um dia especifico que as pessoas esqueciam todas suas diferenças e as colocavam de lado para viver algo em harmonia.

E, um dia bem vivido, pode valer muito mais que muitos dias mal vividos… Tudo que precisamos saber é como continuar vivendo tais dias, ainda mais nos dias de hoje, que cada um pensa no bem de si próprio, esquecendo que fazemos parte de um complexo sistema de existência. Vivemos em sociedade, isso é algo que não podemos fugir, dependemos um do outro, seja direta ou indiretamente, não importa o contexto, mas sim as formas que utilizamos a diferença que podemos fazer na vida de cada um.

Infelizmente, algumas pessoas agem de forma perniciosa e sem pensar no próximo que vira depois dele, no entanto, existem pessoas que caminham contra esse fluxo e, infelizmente, essas pessoas acabam se questionando por que aquelas que agem de forma tão errada tem muito mais que aquelas que agem da forma certa… Eu não tenho essa resposta, pois penso assim também, mas não é isso que importa, acho que não devemos fazer algo bom esperando o mesmo em troca, temos que fazer o que queremos fazer pelo simples fato de fazê-lo, sem esperar, sem qualquer recompensa, fazer simplesmente por que outro alguém poderia fazer o mesmo por nós de alguma forma.

E não digo isso financeiramente, pois atualmente o mais normal de se ouvir é: estou sem grana. Mas, não é só com dinheiro que ajudamos ou melhoramos a situação de alguém, às vezes, com uma palavra amiga, podemos fazer nascer um sol em dias tão negros e nublados, mas, às vezes, nem tempo para isso temos e por isso é necessário saber como viver, saber como apreciar a vida, pois todos nós estamos de passagem por aqui, no entanto, precisamos aprender como aproveitar o momento que podemos fazer alguma diferença realmente valiosa na nossa, ou na vida de outra pessoa.

O ano se renova a cada dia, mas somente o primeiro de janeiro tem a capacidade de despertar o que ele desperta, é algo simbólico, algo sociável, pois todos nós dividimos o mesmo dia em especial, quanto, na verdade, todos os outros 364 dias podem ser divididos da mesma forma, claro, sem festas, churrascos e salvas de fogo de artifício, mas eles também são divididos por outras pessoas. E qual a diferença entre um dia festivo e um dia que trabalhamos como loucos em nosso escritório? O sol não nasceu da mesma forma? O dia não terá as mesmas vinte e quatro horas? Todos os dias são especiais, no entanto, escolhemos alguns para dividirmos com outras pessoas, quando, todos poderiam ser simplesmente vividos, escolhemos o dia que esquecemos tudo de ruim, para simplesmente ser quem somos: seres humanos que vivem em sociedade e que juntos, tentam caminhar para um lugar melhor.